Rede Social: FACEBOOK TWITTER Instagram Instagram

Notícias | Voltar

Pecuaristas apresentam demandas do setor à Secretaria de Produção Rural do Estado do Amazonas

Data: 19/02/2019 11:03

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (FAEA) reuniu a comissão de pecuária, na última quinta-feira (14), na Cooperativa dos Produtores de Leite da Região de Autaz-Mirim (Cooplam), no município de Autazes, com a presença do Secretário de Produção Rural do Estado, Petrúcio Magalhães

O objetivo foi encontrar soluções para potencializar a cadeia leiteira e dialogar para alavancar a pecuária através da continuidade do Programa de Regularização de Queijarias, chamado "Rota do Queijo".

De acordo com o titular da Secretaria de Produção Rural do Estado do Amazonas, Petrucio Magalhães, esse diálogo com os produtores rurais do estado vem ocorrendo desde o início desta gestão. “Com o apoio da FAEA, produtores rurais, associações e cooperativas, a secretária tem debatido as principais prioridades das cadeias produtivas do Amazonas”, destacou.

O presidente da FAEA, Muni Lourenço, parabenizou a iniciativa do Governo. "Sem dúvida, um gesto importante esse de estabelecer o diálogo com os produtores, para que, eles que sentem na pele as dificuldades, possam expressar o seu pensamento e sugestões, com a certeza de que serão levados em consideração pelo governo para as políticas públicas voltadas ao setor primário", enfatizou.

Esta foi a quarta reunião das comissões por segmentos que a FAEA possui. Anteriormente, já foram realizadas reuniões das comissões de aquicultura, avicultura e fruticultura. Seguindo o formato dos encontros anteriores, a comissão da FAEA formada por pecuaristas e produtores rurais do segmento presentes apresentaram suas demandas e propostas para a equipe da Sepror. As solicitações servirão de base para o plano de ação que será montado para alavancar a atividade no Estado.

Dados

Autazes se destaca como a terra do leite. Atualmente conta com mais de 80 mil cabeças de gado, de acordo com dados da Adaf. Conta com oito indústrias de laticínio cadastradas no Serviço de Inspeção Estadual (SIE) e 86 estão em processo de legalização, a maioria de queijo.

Aproximadamente 11,6 milhões de toneladas representam a produção de leite e derivados, como queijo, manteiga, iogurte, bebida láctea, requeijão, doce de leite e ricota das empresas que são registradas no SIE da Adaf.


Texto: ASCOM – Sistema FAEA/SENAR-AM/ FUNDEPEC-AM

Fotos: Djalma Júnior/Sepror

Jornalista responsável: Juliana Geraldo

Contato: 3198-8414

comunicacao@faea.org.br

https://www.facebook.com/FAEA.AM


FAEA -Todos os Direitos Reservados - 2013
Rua José Paranaguá n- 435, Centro | Fone: (92) 3198-8400